Buscar
  • Leonardo Maia

A QUEM SERVE A EDUCAÇÃO?



A QUEM SERVE A EDUCAÇÃO?


Trechos do documentário de Michel Moore "Where to invade Nex".


"As crianças devem ter mais tempo para serem crianças, para serem jovens e aproveitarem a vida..."


"As crianças tem muito o que fazer depois da escola, como estarem juntos, estarem em família, praticar esportes, tocar música, ler..."


"Seu cérebro cérebro tem que relaxar de vez em quando, se ele só trabalha e trabalha, ele pára de aprender..."


"Falar da escola é falar sobre como descobrir a nossa felicidade, descobrir uma maneira de aprender o que te faz feliz..."


"Nós tentamos ensinar-lhes tudo aquilo que necessitam, de modo que possam usar efetivamente os seus cérebros o melhor que podem, incluindo educação física, artes, música, tudo o que possa de fato fazer o cérebro trabalhar melhor..."


"Eles precisam ser cozinheiros, cantores, fazer arte, passeios na natureza e fazer todas estas coisas porque existe este curto espaço de tempo em que lhes é permitido serem crianças..."


Pergunta: "Se vocês não tem testes padronizados aqui na Finlândia, como sabem quais são as melhores escolas?

Resposta: "A escola do bairro é a melhor é a melhor escola. Não é diferente da escola que pode estar situada no centro da cidade, porque todas as escolas na Finlândia, elas são equivalentes."


"É ilegal na Finlândia instalar uma escola e cobrar mensalidade, por isso que não existem escolas privadas. E isso significa que os pais ricos têm que assegurar que as escolas públicas sejam ótimas. E ao fazerem que as crianças ricas estudem junto com todas as outras, elas crescem com todas as outras crianças como amigos. E quando eles se tornam adultos saudáveis, isso trás uma maior harmonia social..."


"Aqui a educação é centrada nas crianças..."


"Quando eu dizia aos meus alunos, durante um estágio nos Estados Unidos, que eles poderiam ser o que quisessem quando quando crescer, eu sentia como uma espécie de mentira. Aqui na Finlândia, não soa falso dizer que eles realmente podem ser o que quiserem..."


"Tentamos ensinar-lhes a pensarem por eles próprios, a serem críticos com aquilo que estão a aprender..."


"Tentamos ensinar-lhes a serem pessoas felizes, a respeitarem-se uns aos outros e a si próprios..."


Pergunta: "Vocês estão preocupados com a felicidade deles?

Resposta: "Sim."

Pergunta: "Que raio você ensina?"

Resposta: "Eu ensino matemática."

Pergunta: "Então, como professor de matemática, a primeira coisa que lhe ocorre dizer sobre o que quer que estes alunos obtenham com a escola, é que sejam felizes, que tenham uma vida feliz?"

Resposta: "Sim..."


"Quando é que eles vão ter tempo para brincar e sociabilizar com os seus amigos, e crescerem como seres humanos? Porque existe muito mais vida além da escola..."


Pergunta: "Vocês querem que eles brinquem?"

Resposta: "Eu quero que eles brinquem..."


Trecho de um documentário de Michel Moore "Where to invade Nex". Comparando a educação americana e a da Finlândia.

ATENÇÃO: temos um pouco mais de 100.000 assinantes no email gratuito da Biblioteca que não estão recebendo os conteúdos. Precisamos de uma instituição apoiadora que queira patrocinar o envio dos conteúdos por email, ou de 8 apoiadores de R$ 100,00 para conseguir o envio para pelo menos metade dos assinantes...


Seja um apoiador:


57 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo